O conhecimento é como um jardim: se não for cultivado, não pode ser colhido!

Provérbio africano

Sabemos que a leitura é fonte inesgotável de aprendizado, entretenimento e conhecimento.

Hoje, dia 23 de abril, é comemorado o dia mundial do livro e inspirado no post “Livros sobre refúgio para ler durante o afastamento social”, da ONU Brasil, resolvi fazer minha lista.

Deixo aqui 3 livros que me ajudaram a desenvolver tanto soft skills(competências relacionadas a personalidade e comportamento) quanto Hard Skills(competências técnicas).

Com certeza algum deles vai te trazer novas inspirações como foi comigo =)

1. Código Limpo

Escrito por Robert Martin, popularmente conhecido como “tio Bob”, um renomado engenheiro de software que atua na área desde 1970.

Este livro, na minha humilde opinião, é essencial para qualquer desenvolvedor frontend, backend, engenheiro de software, gerente de projeto, líder de equipes ou analistas de sistemas que deseja construir projetos ou códigos melhores.

Esse livro mudou muito a forma como eu programo. Se me recordo bem, o li por volta de 2013, poucos anos depois de começar a trabalhar com desenvolvimento e mudou - e muito! - a forma com exergo e crio software. Ele nos apresenta como:

  • Como distinguir um código bom de um ruim
  • Como escrever códigos bons e como transformar um ruim em um bom
  • Como criar bons nomes, boas funções, bons objetos e boas classes

2. O Poder do Hábito

Escrito por Charles Duhigg, repórter investigativo do New York Times, que passou mais de duas décadas pesquisando e procurando entender como os hábitos funcionam e como eles moldam cada aspecto da nossa vida, tanto no aspecto pessoal como no profissional.

Este livro mostra a importância dos hábitos em nossas vidas. Hábitos estão presentes em todos os momentos e diariamente tomamos inúmeras decisões através deles. O mais intrigante é que até pararmos para observá-los nem sequer percebemos a sua existência.

Lembro de ler esse livro pelo menos duas vezes, de tão fluida que a leitura é.

3. Pai Rico Pai Pobre

Escrito por Robert T. Kyiosaki e Sharon Lechter este livro foi o primeiro best-seller dos autores, dando origem a uma série enorme de outros sucessos.

O livro tem um conceito muito simples: com maior inteligência financeira muitos problemas comuns da vida cotidiana podem ser resolvidos.

Este é um dos livros que mais me recordo. Me abriu os olhos para a necessidade de planejamento das finanças pessoais. Convivendo com pessoas de várias classes sociais pude observar os pontos que o livro colocava. Esta observação me ajudou a “quebrar” várias crenças limitantes sobre dinheiro (um papo que quero aprofundar em outra hora).